Bebê que Já Come, Também Bebe Água!

Oi, Mamães! 😉

Enquanto ainda permanece em Aleitamento Materno Exclusivo, durante os primeiros 6 meses de vida, o bebê não precisa nem beber água, pois o leite materno, além de nutrir, proporciona toda a água de que o bebê necessita para se manter hidratado.

Mas a partir do momento em que a alimentação complementar é introduzida, se faz necessário a introdução também da água.

Essa regra também vale para os bebês que não mamam no peito e fazem uso de fórmula artificial.
Após cada refeição (ou ingestão de fórmula), o bebê deve beber água.

A quantidade vai variar de acordo com as necessidades dele. Se a região for mais quente e o bebê transpirar com mais facilidade, essa água deve ser reposta com mais frequência. Outra coisa que influencia nessa necessidade é o seu peso. Por isso é necessário que o bebê esteja sendo sempre acompanhado pelo pediatra/equipe de saúde.

Todavia, um sinal que dá pra avaliar se a quantidade de água oferecida está sendo adequada para o bebê é o seu XIXI.

Se o bebê urina com frequência e a urina é clarinha, é um bom sinal! Mas se essa urina for escura e com odor forte, pode ser que ele esteja precisando beber mais água.

Mas, ATENÇÃO!
É de fundamental importância garantir uma água de procedência segura, filtrada ou fervida.
Se a água não for de qualidade, ao invés de hidratar, ela pode até provocar alguma doença de veiculação hídrica, levando a diarreia, desidratação e, em alguns casos, até a óbito!

É isso…
Hidratação é tudo! Esse é o meu Heitor, aos 6 meses…
E o seu bebê? Bebê muita água?

Deixe seu COMENTÁRIO!
Não se esqueça de COMPARTILHAR com suas amigas mamães.

Beijos e até a próxima!

mamaeenfa

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!